Elocubrar é a variante de lucubrar, compor uma obra com esforço, a custa de muita meditação. Literatura que se faz espremendo o cérebro. (O Autor)-------O Bom humor é a medida absoluta da inteligência do ser humano. (Nietzsche).

January, 2008

Da História final ou a real interpretação. - Ato único

Da historia final
Ou
A real interpretação.
Ato único
Cena – Um camarim de um teatro.
Personagens – Lula em frente da mesa de maquiagem, maquiador e o Dono do Circo.
Cenário – Quando o pano abre, o palco mostra um camarim comum, cheio de fantasias, biombos, fotografias coladas ao lado do espelho. Lula entra no camarim. Atrás do biombo se troca e joga suas roupas por cima. Senta na cadeira em frente ao espelho vestindo uma calça de palhaço. O espetáculo começa com a entrada do maquiador.
Maquiador – Olá! Desculpe o atraso. É que sou novo aqui, mas não se preocupe eu sou bom no que faço. Estou aqui para desenvolver as técnicas de maquiagem do “clown”.
Lula – Você quer dizer palhaço.
Maquiador – É. Sim. Mas seu rosto me é familiar. Já nos encontramos em algum lugar?
Lula – Você já deve ter me visto várias vezes pelos circos da vida.
Maquiador – Você até parece o ex-presidente...
Lula – O Lula?
Maquiador – Sim.
Lula – Já me falaram isso muitas vezes. Já me convidaram inclusive para fazer uns comerciais por aí.
Maquiador – E você foi?
Lula – Não...mas, devia ter ido...
Maquiador – Mas um dia eles te descobrem. Não deve demorar.
Lula – Eu não! Espero que não...imagina eu sendo dublê de um presidente idiota que nem o tal do Lula.
Maquiador –...eu votei nele...da primeira vez. Da segunda eu votei no outro que nem me lembro mais o nome.
Lula – É. Ainda lembram do meu...
Maquiador – Como assim???
Lula – É. Não adianta esconder. Sabe que eu sempre quis ser palhaço de circo. Vi isso, quando uma tia fugiu com o circo porque se apaixonou por um palhaço.
Maquiador – Espera aí!!! Você é o ex-presidente?
Lula – ...Sou. Porque? Vai desistir de fazer a maquiagem? Tudo bem eu sei muito bem fazer maquiagem. Aprendi com o pessoal do Cirque du Soleil.
Maquiador – Só pra tirar uma pequena dúvida. Dá para você falar o seu bordão?
(Pausa)
Lula – Nunca antes nestepaiz!!!
Maquiador – Putz!!! É você mesmo!!! Que legal!! Mas...o que você esta fazendo neste circo? Você é um ex-presidente, não deveria estar vivendo do circo.
Lula – Meu filho. Existe muito mais entre Brasília e o resto do país do que nossa vã "discutição" pode entender. Teve um dia lá no Palácio do Planalto, quando a casa estava caindo. Eu fui rezar escondido lá na capela do Palácio. Fui rezar para São Cristovam que é o meu santo. Os caras do partido nunca souberam que eu era devoto de santo. Que eu podia fazer? Eu sou nordestino e não podia negar isso...todo nordestino é devoto de alguém, tá no sangue. Foi aí que ao sair da capela vi uma propaganda do Cirque du Soleil. Me veio na cabeça, neste momento, todo um “flash back” de quando era criança e dos circos e palhaços. Aí decidi o que eu faria quando deixasse a presidência. Porque se eu continuasse como os outros que ficaram dando palestras por aí eu só iria me frustrar ainda mais. Não me arrependo de ter sido presidente, mas nunca mais faria isso. Porque você acha que o Cirque du Soleil veio várias vezes para o Brasil na minha época? Eu pedia que os palhaços viessem me dar aulas, em troca de patrocínio.
Maquiador – É. Parece que você tem jeito pra coisa. O circo esta cheio. Terminei. E aí? Está bom?
Lula – Está ótimo! E você parece que tem jeito para coisa. E nem parece que é viado.
Maquiador – Continua o mesmo...
(O Dono do Circo abre a porta)
Dono do Circo – Lula! Tá na hora! Dois minutos pra entrar.
Lula – O Zé. O menino aqui é bom viu. Dá umas pratas pra ele.
Dono do Circo – Tá aqui. São cem pratas.
Maquiador – Espera aí! Nós combinamos duzentas pratas!
Dono do Circo – O meu filho! Se quiser discutir a grana vou chamar a Monga aqui pra ela intermediar a situação, e ela não tem muita paciência não.
Maquiador – Eu te conheço! Você é o Zé Dirceu! Você esta foragido!
Dono do Circo – Olha aqui ô seu moleque! Tá aqui trezentos paus para você cair fora e calar o bico, se não a monga vai atrás de você viu!
Cai o pano.
Page 1 of 1. Total : 1 Posts.